DMAISB – Construções Inteligentes

Blog

Como reduzir situações de risco no trabalho?

Doenças e acidentes que ocorrem no ambiente de trabalho podem resultar em responsabilidade penal, administrativa, civil e trabalhista. Você, que possui uma empresa ou estabelecimento, deve se atentar à segurança dos seus funcionários. Descubra aqui como reduzir situações de risco no trabalho.

Dicas para aumentar a segurança e qualidade de vida no ambiente de trabalho

Situações de risco no trabalho

Fique atento às práticas capazes de reduzir risco no trabalho. Acredite, isso pode fazer toda diferença!

1. Tenha uma equipe de segurança do trabalho

Ela é formada por diferentes profissionais, como engenheiros e técnicos de segurança do trabalho, médicos e enfermeiros. Cada um deles é importante para garantir a segurança no trabalho e evitar problemas com gastos causados por acidentes, transporte, afastamentos, prejuízos materiais, mão de obra temporária, indenizações, reabilitação do trabalhador, entre outros fatores.

2. Invista na segurança e qualidade de vida do funcionário

Dessa forma você diminui o risco no trabalho. Para isso, considere algumas ferramentas, como:

  • CIPA: formada por um grupo de trabalhadores que focam na prevenção de acidentes;
  • DDS: trata-se de mini palestras sobre segurança no trabalho;
  • Treinamento de Integração: familiariza um funcionário novo com os procedimentos de trabalho;
  • Ordem de Serviço: é um documento informativo sobre os riscos da função e medidas de prevenção.

3. Aplique medidas de segurança

Para reduzir o risco no trabalho, considere:

  • Apresentar um diagnóstico de riscos;
  • Sinalizar as áreas de perigo e saídas de emergência;
  • Incentivar e fiscalizar o uso do EPI (Equipamentos de Proteção Individual);
  • Oferecer treinamentos;
  • Ter um gestor especializado.

4. Entenda as diferenças entre perigo e risco no trabalho

Comuns na vida de um técnico de segurança, risco e perigo ocupacional são conceitos que costumam gerar dúvidas na empresa. Por isso, tome nota!

  • Perigo no trabalho: Tudo o que oferece algum dano, perda ou fatalidade é caracterizado como perigo no trabalho. Entre as situações, estão: piso escorregadio, produto químico e área energizada.
  • Risco ocupacional: Risco ocupacional refere-se à probabilidade de um funcionário sofrer algum dano durante suas atividades profissionais. Ou seja, refere-se a doenças ou acidentes que podem ocorrer no exercício de sua função.

É importante saber que o risco só pode ocorrer após o trabalhador se expor ao perigo. Portanto, um técnico de segurança precisa identificar a situação de perigo para evitar os riscos.

Vale lembrar que a segurança começa já na obra. É essencial desenvolver essa cultura desde o planejamento, assim, seu negócio pode caminhar de modo mais consistente. Entre em contato com a DMAISB e saiba como podemos te ajudar!

Referências: NR12, Volk do Brasil, DP Union, GOC Advogados, SeguridadeSegurança do Trabalho.

Compartilhe este post



Comentários (0)

Deixe o seu comentário!